28.1.08

Qualquer coisa, menos comum...

Qualquer coisa menos comum...

Às vezes eu fico tão estranha
Eu até enlouqueço comigo mesma
Eu rio de mim mesma
Essa é a minha canção de ninar
Às vezes, eu dirijo tão rápido
Apenas pra me sentir em perigo
Eu quero gritar
Isso me faz sentir viva
Isso é o suficiente para amar?
Isso é o suficiente para respirar?
Alguém arranque meu coração
E me deixe aqui pra sangrar
Isso é o bastante para morrer?
Alguém salve minha vida!
Eu prefiro ser qualquer coisa
Menos comum, por favor
Andar dentro das regras
Faria minha vida tão chata
Eu quero saber se já estive ao extremo
Então, pise nos meus pés
Vamos me presenteie com isso
Qualquer coisa que me faça sentir viva
Isso é o suficiente para amar?
Isso é o suficiente para respirar?
Alguém arranque meu coração
E me deixe aqui pra sangrar
Isso é o suficiente para morrer?
Alguém salve minha vida!
Eu prefiro ser qualquer coisa
Menos comum, por favor
Largue suas defesas
Não use o senso comum
Se você olhar verá
Que esse mundo é belo, acidental,
Turbulento
Suculento
Farto
Permanente opulento,
Queira experimentar,
Não queira desperdiçar
Às vezes eu fico tão estranha
Até apavoro comigo mesma
Eu rio de mim mesma pra dormir,
Essa é minha canção de ninar

Decidii postar essa musica hoje, simplismente pela situação em que vivemos hoje em dia.
Ela a descreve com as melhores palavras possíveis!

O único problema é que não sabemos dar valor para as coisas mais simples! A VIDA!

Beijoos!

16 crying here:

Bárbara Chantal disse...

Ta ai uma coisa que eu não sou, comum!
Quem canta essa música?!
beijos

Natyx Lisboa disse...

Maneira a musika
digamos q ue sou normalmente anormal rs :P

eu essa semana ia falar disso..desse nosso descaso coma vida..

só espero dps de todos os anos olhar pra tras e ver que eu sou a hipocrita que dou liçao de como viver a vida..mas q n aproveitei a minha..
enfim

bjinhuss

Super Nada disse...

Música bem legal...
Verdade não damos valor as coisas simples da vida, ou só damos quando já estamos perdendo, mas o legal é esse: fazer as merdas cotidianas e depois correr atrás pra ve se concerta...

Juh Pagani disse...

Nossa linda essa musica... qual é o nome dela?

e sobre essa frase:
O único problema é que não sabemos dar valor para as coisas mais simples! A VIDA!

Olha essa minha comunidade:
E quando alguém o abraçar
Não seja você o primeiro a soltar os braços...
http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=40060040

fala bem isso que falasse... bjuuu

;*

Biah disse...

"Às vezes eu fico tão estranha
Eu até enlouqueço comigo mesma
Eu rio de mim mesma
Essa é a minha canção de ninar"
Sou exaaatamente assim...
Adorei aki...
Vamos nos linkar?
Beiijoooks;
=D

Mariana Araújo disse...

Fía, num se encasquete non!!!
essas perguntas nos ocorrem pelo simples fato de sermos mulheres...
e como toda e qualquer mulher, somos meramente contraditórias...rs

ah....a vida...num sei a dos outros mas a minha vale muito...num troco por um pote de sorvete nem um quilo de chocolate não!
rsrsrs
bjão!..bem vinda sempre ao meu blog..adicionei o seu tb

Ana Carla disse...

Menina, não sabia que meu blog tava linkado aqui no seu! Muito obrigada, viu?
Beijo!

Cah Menegocci disse...

carolzinha!
que fofo teu blog...
que linda essa musica!

vou te linkar tb menina!
bjokas e brigada pela visita!

=)

Mary West disse...

Ahh mas quem é q nunca teve momentos assim tão comtraditorios e violentos, faz parte, ajuda a fortalecer mesmo.

Obrigada pela visita, gostei do seu blog, o nm principalmente, já q sou fã honoraria do A-ha! ;)

Mary West disse...

Ahh e add tb! =*

Biah disse...

Eh por isso que vc escreve bem,pq leu muuito...
A leitura é ssuuuuuper importante!!!
Vlw por me linkar,tb já está nos meus favoritos...
Mil beijos;
=D

Mary disse...

Olá, olá!
Passei para agradecer e dizer para voltar sempre.
Não estou com muita disposição para ver o teu blog com mais atenção, mas prometo voltar quando estiver curada desta gripe maldita!
Até breve!!!

Janete Andrade disse...

música linda! *.*
"eu rio de mim mesma pra dormir..."
costumo fazer isso...
e se não for assim, a gente enlouquece né?

te linkei

bjo =*

-laurex disse...

Ai Carol! Obrigada pela visita e pelo comentário!
Bixo, vou te falar que amar é foda, viu? hehe. Sou muito carente, muito ansiosa, muito doida. É difícil pra gente lidar com os próprios sentimentos, né? A gente se sente tão fraco, vunerável.
Conheço essa música não, mas é legal. Principalmente a parte que você destacou.

Beijos, querida!

Fláh disse...

"Viva! Bom mesmo é ir à luta com determinação, abraçar a vida e viver com paixão, perder com classe e vencer com ousadia, porque o mundo pertence a quem se atreve e a vida é MUITO para ser insignificante."

Lembrei disto :)

Rosi disse...

1ª visitinha por aqui!
Adorei a letra da música!
Amei o blog, tá super organizado e lindo!
:*