31.1.08

Carta a um desconhecido

Ontem, me aconteceu uma coisa que pra mim foi a gota d'agua, sinceramente não aguento mais, as vezes tenho sim e muita vontade de sumir. Tem coisas que não da pra suportar a dor, e quando me sinto mal, apenas escrevo para não descontar em alguem.
Esse post vai ficar grande, mas vou colocar aqui a carta que escrevi a meu pai. O motivo de tanta dor.

Marcelo...
Não tenho coragem de lhe falar pessoalmente, o que realmente sinto. Medo, seria a palavra correta.
Eu ainda me lembro de quando era criança, a familia sempre reunida, e eu sempre recebando muito amor e carinho. Nas horas em que errava, também tinha uma boa lição. Iamos todos juntos às compras, raramente se ouvia discussões. Eu disse raramente! Sempre chegava da escola, tomava meu banho, me sentava na mesa e fazia meus temas! E era sempre meu pai quem me ajudava a fazê-los.
Mas infelizmente o tempo passou...
Nas minhas 12 primaveras, apenas escondida atrás da porta, pude ouvir uma história que pra mim, era uma desgraça. Meus pais se separando. Quase rodei aquele ano. Só não rodei porque sabia que era mais forte que isso.
31/12/2oo3 - Exatamente o pior dia da minha vida.
Simplismente as piores férias da minha vida...
Aquela menina não acreditava em conto de fadas, mas não tinha idéia de que aquilo podia acontecer com ela.
Sempre soube separar muito bem as coisas, meu pai havia se separado da mulher e não da família.
2oo4 Foi ótimo! Claro, tirando as vezes em que tentei ligar pro meu pai e por algum motivo...não conseguia. Tirando as semanas em que ele sumia e, nem me ligava pra saber se estava bem. Foi quando comecei a descobrir, que aquele meu pai não existia mais, alguma coisa ou alguem o tirou de mim....
Com minhas 14 primaveras, minha mãe deu a volta por cima de tudo e de todos que a julgara. Arranjou alguém, a quem pudesse entregar seu amor novamente.Aaah minha mãe! Me orgulho dela! Tenho sorte grande, mas creio que as vezes não sei demonstrar isso.
E aquele cara que se diz meu pai, ficou desempregado, acabou voltando pra casa. Aquele cara já não trocava mais uma palavra cumigo, calmamente.
04/10/2006 - Meu aniversário, 15 anos! Na escolaa uma festa! Em casa normal! Tirando aquele cara que nem me cumprimentou direito. À tardinha, aquele cara veio em minha direção, me abraçou, parabenizou, e disse coisas lindas... pela primeira vez em 3 anos que pude receber um abraço gostoso, carinhoso, um abraço de pai!
No dia chorei muito. Eu sintia tanta falta do meu pai. Até hoje choro quando lembro que por alguns segundos meu pai voltara para os meus braços, lamento o abraço não ter sido mais forte e mais duradouro.
Hoje com minhas 16 primaveras, aquele cara ainda mora aqui. Ele tenta passar uma imagem de pai, que nem msm ele intende. Ele exige respeito, coisa que nem msm ele faz. Mas hoje eu e meus irmãos fizemos de tudo para agradá-lo, mas ele não está nem aí..muitas vezes não está nem aqui.
Ainda estou a procura do meu pai, tento entender porque aquele cara guarda tanto rancor e ódio dos filhos, eu sei que meu pai não é assim. É estranho conviver com uma pessoa que não conheço.
Eu o amo. Eu preciso. Eu sinto falta....
Felizmente é possível relembrar o passado, mas infelizmente é impossivel revivê-lo, por isso viva o presente, para que o fururo seja melhor!

19 crying here:

Liz / Falando de tudo! disse...

Ai, linda fiquei emocionada com a tua carta, que cheguei a chorar...Hoje em dia eu também tenho alguém "estranho" como pai, mas eu tenho 34 anos, fui eu quem decidi depois de muito "nao entende-lo", tira-lo da minha minha. Não te aconselho de fazer o mesmo, pois hoje em dia eu sofro pq sei que ele vai morrer pobre e sozinho, pois agora que ele nao tem dinheiro, ninguém o quer! Quando ele era jovem, tinha muitas mulheres, ele chegou um dia a me ignorar na rua, pra que a mulher que estava com ele nao saber que ele tinha filhos...isso foi ha 20 anos atras...desde entao, representei, até o momento em que nao precisei mais dele...Isso é uma longa historia!
O que eu quero que você entenda, é que tem que ser forte agora! Não encane, achando que teu nao te ama, nao te respeita...viva você, tente se aproximar, de repente, ele têm problemas que você nao entende, e talvez ele so precise de um pouco de você...

Alemoaa disse...

ai cacah.. to com vontade d ir ai e te dar uma abraço daqueles!
naum fica assim..
eu sempre digo uma frase:
"No final tudu dah certo, e se não deu certo é pq ainda não é o final!"
love you
bjus

O Profeta disse...

Os pesares dividem as marés
A idade do ouro ainda tarda
Os anos passam como gotas varridas
Por um tempo que retrata o nada


Convido-te a saborear um absinto no meu espaço
pela Taça de Fino Ouro



Mágico beijo

Roo disse...

Nossa, isso me comoveu muito!Essa carta ficou linda demais mesmo.
Espero que de tudo certo por aí!
E brigada por me linkar, já te linkei também, ok?
Beijinhos!

Janete Andrade disse...

Fiquei muito emocionada com seu post; há dois anos meus pais quase se separaram, fiquei muito abalada, pensei em fazer besteira, parei de comer, só chorava, fiquei sem falar com ele...
Foi uma época muito difícil para mim, ainda hoje quando lembro fico mal, eu voltei a falar com ele, mas confesso que depois disso as coisas não são mais como antes, gosto dele, muito mesmo, mas é como se tivesse ficado uma ferida exposta e eu não aproximo para que ele não posso magoar outra vez...
infelizmente sou uma pessoa que permito que as pessoas me magoem apenas uma vez, eu as perdou, mas é como se elas perdessem a importância para mim, gostaria que fosse diferente, mas infelizmente sou assim...

Super Nada disse...

Bom... eu acredito que coisas entre família não devem ser comentadas por estranhos, e acredito que agente nem se conhece e que por isso qualquer coisa que eu fale sobre esse post seria pura e simples maldade...
Mas, foi você quem postou, logo tornou publico, e eu quero falar, por isso:
Bem, pai é sempre uma história amargar de se engolir, mesmo quando são bons pais (que nem adossante, que demais faz amargor). E eu digo isso da alto da minha experiencia, afinal de contas sou filho de um alcolatra, mas muito diferente do que as pessoas podem pensar me orgulho do meu pai, mesmo sabendo que ele é em potencia, um grande suicida. E me orgulho, pois hoje sou o que sou, em parte, por culpa dele. Ou seja, mesmo errado, ele me ensina...Creio que seu pai não odeia os filhos, acho que na verdade ele odeia a si mesmo e deve se culpar por alguma dor que tenha causado, e assim ele se afasta e não percebe que isso causa mais dor ainda...
Não posso dar soluções para isso, porque não sou você e nem vivo a sua vida, então o máximo que posso fazer é dizer que eu superei tudo, desde o momento em que meu pai tentou mijar no bainheiro ao dia que ele quis me bater (e eu bati nele =]), e faço isso porque amo primeiro a min e depois a ele...

К ά h ツ disse...

Ok, você conseguiu. Agora estou chorando. =(
Fiquei emocionada.
Espero que consiga, e que tudo dê certo por aí.
Beijos
*deixa eu me recompor*
tchau
=**

Biah♥ disse...

Sabe Carol,muito triste essa carta...
To me sentindo mais que impotente,não sei nem o que lhe dizer...Pq a´minha família é bem estruturada e meu pai,apesar de me dar uns bons puxões de orelha de vez em quando e ser meio pão duro,é alguém muito legal sabe,alguém que amo muito...

Então tipo,eu não sei o que é isso,eu não sei como é o que vc esta passando...

So posso te dizer uma coisa,seu pai ainda está dentro daquele cara,em algum lugar...Só tem que buscar,procurar bem...
Talvez ele tenha medo ou vergonha de anto tempo depois voltar a ser o seu pai...
Se esse for o caso,acho que vc deve dar a ele a sensação de que PRECISA dele.
Eu acho que e isso...
Ah!!!Eu sou fanática por essa música da Rihanna e do Ne-yo...

Mil beijinhos;
=D

Mary West disse...

Acho q vc naum deveria pensar muito nisso naum, ou melhor pense como ele, pode ser uma atitude infantil ou magoa mesmo, as vezes existem pessoas que gostam de se alimentar da tristeza alheia.

Força p/ vc boneca! =*

Garota viajante disse...

Noossaa...
Me emocionei muito.
E o que aconteceu quando ele leu a carta?
Olhe... não perca as esperanças, pense sempre positivo que um dia o SEU PAI vai voltar.

Pooxaaa.. quase chorei msm..
Msm sem te conhcer eu te desejo tudo de bom e muita sorte do fundo do meu coração!

Beijinhoos ;*

Pequena Gi disse...

Vivemos sob a condição humana... tenha paciencia, vc um dia entenderá o pq seu pai tem neste momento esse tipo de atitude com vc e com seus irmãos... por enquanto, mostre pra ele, com seu caráter q mesmo "sem" ele vc se tornou uma mulher brilhante e de bem. Cedo ou tarde ele tentará recuperar o tempo perdido. Seus gestos valerão muito.

Beijos, e boa sorte...

Natyx Lisboa disse...

complicado
meus pais se separaram eu tinha acho que 11 anos por ai..
tbm n foi nda bom..ainda mais pq minha mae me levou pra outro estado e eu era apegada ao meu pai..
graças a deus com a sepraçao sempre continuei mto amiga e unida ao meu pai..ele nunca deixou de representar isso pra mim..

ja minha mae ai sao outros 500...mas n gosto de ficar falando isso..sao magoas que sempre vao estar aqui em mim...mas eu com minha maturidade forçada e meu jeito superior de agir sob as coisas eu soube passar por cima..e hj n guardo rancor dela nem dele..(moro com ela a um bom tempo,aki nu rio de janeiro e ele tbm)...

ate gosto..sei q talvez mtas coisas boas n teriam acontecido cmg..se eles tivessem juntos

é isso..qlq coisa to aki :P

beijinhus q bom q gostou do meu texto
desculpe o sumiço sem saco de postar no carnaval rs:)

Natyx Lisboa disse...

psiu... tem premio la pra vccccc :)

beijinhusss

-laurex disse...

Ai, garota! E o que que eu falo agora?!
Eu só posso dizer que sinto muito, muito mesmo. Porque eu sei o tanto que os pais são importantes pra gente e o quanto a gente se sente frágil sem eles.
Eu espero que tudo volte ao normal, se for possível. ;P

Obrigada pelos comentários! ;**

К ά h ツ disse...

Não vejo problema algum em você te me feito chorar. Eu estava mesmo precisando disso. Perceber que há pessoas com problemas maiores que o meu, mas a minha alma pequena fica remoendo pequenos problemas, me fez perceber que é hora de tomar vergonha na cara e crescer, eu já tô grandinha demais pra ter crises 'emos'!
E obrigada pelo comentário, vou refletir bastante.
Meu blog é meu único refúgio, e as pessoas que comentam nele é que me dão força pra levantar a cabeça e seguir em frente. =D
Beijos
Boa Noite.
=**

К ά h ツ disse...

Estou te linkando.
;)
Você tem jeito com as palavras.
Beijos

Bárbara Chantal disse...

Eu lamento pela separação de seus pais e de como a distancia te faz mal.
Não tenho uma boa convivencia com meu pai e mesmo assim, a pior férias da minha vida, foi qndo fiquei de recuperação na 5ª série.
Minha infelicidade, não chega nem perto da sua, mesmo sabendo que pra isso não há medida.
Enfim, se prenda e de valor a quem vc mais se orgulha. ;)

Anônimo disse...

bom comeco

Anônimo disse...

what bands are good to see for emo hairstyles?
[url=http://www.emo-hairstyles.info/]emo hair[/url]