30.5.10

Estranho jeito de viver

Se arrepender pra quê? Essa sensação é tão ruim, mas já que ela existe, prefiro me arrepender de uma coisa que fiz, do que me arrepender de não ter feito.
Ultimamente faço coisas sem limites, sem pensar no julgamento dos outros, e isso é bom pra mim. Faço o que gosto, faço o que quero e na hora que quero. Por mim viveria assim pra sempre. Mas meu 'eu' interior não aguenta mais isso, ele grita me pedindo por socorro. E só eu consigo ouvir ele. Só eu mesma posso ajudá-lo também. Minha vontade é de pedir pra que grite mais alto, pra que alguém tente escutá-lo. Mas isso de nada adiantará, se eu mesma não quiser fazer a diferença.


11 crying here:

*Carol Carolina* disse...

já perdi as contas de quantas vzs me senti assim...

querendo que alguém me salve de mim mesma.

pode continuar vivendo no limite, que nada mudará. essa sensação só passa quando vc chegar a conclusão de que não precisa romper tantas barreiras e limites, e sim surpreender a si mesma inúmeras vezes, num quase equilíbrio....


beijokas, gostei daqui!

L.S. Alves disse...

Isso é maturidade. Saber que no fundo as soluções dependem de você. Boa sorte com a vida e a busca pelo equilibrio.
Um abraço.

Dryka Sales disse...

oown.. adorei =)

Isaah disse...

Lindooo o textoo! Ameei! :D

CaroolAlves/- disse...

oii :)
adorei seu blog,to te seguindo!
me segui lá tbm se gostar ..
www.wendycherry.com/

Luana Comaretto disse...

Sempre quis viver sem pensar no que os outros vão pensar! mas qndo a gnte consegue o desejado.. parece que ele já não é mais tão importante assim..!
sempre existe um Meio termo!
;D

Bjiinhos

Gabi disse...

"Se arrepender pra quê?" é o que eu me pergunto todos os dias ao me arrepender de alguma coisa :$

Mas isso é do ser humano, não é mesmo? E também é bem humano querer colocar tudo no lugar. Se arrepender pra poder desarrepender e de repente se arrepender de novo, é a vida, eu acho 8-)

Adri disse...

Carol... tem uma frase que eu adoro que diz mais ou menos assim: "Quando eu partir, vou prestar conta do que fui e pelo que fiz, nao pelo que os outros fizeram ou disseram ao meu respeito" ... Depois que coloquei isso na minha vida, as coisas que tornaram mais fácil... Pense nisso, talvez faça seu EU interior respirar. Bjoka

Marina disse...

Oii! Não sei se você sabe mas eu tô fazendo uma viagem muuito especial pra mim de 45 dias pela Escócia, Romênia e Inglaterra. Então, se você quiser acompanhar tudo, fotos e talz, vou estar escrevendo sempre no meu blog...
Beijinhos,

http://rabiscoemnuvens.blogspot.com

Patrícia Alves disse...

melhor se arrepender de ter feito do que não ter feito. Verdade. Por mais que finjamos que não nso arrependemos de nada, sempre tem uma pequena pontinha de arrependimento seja ela qual for. =)
Gostei do se blog, comecei a seguir .. parabéns!
bjsbjs

www.history-end.blogspot.com

Cris Souza disse...

Prefiro os arrependimentos das coisas feitas e das palavras ditas do que o pensamento do "se tivesse..."